Qual é o preço para se alcançar o topo? Quanto seria caro demais para pagar? O quão longe você iria e do quê você abriria mão? Tempo, dinheiro, felicidade, paz? Uma promessa antiga e uma amizade? Em Revue Starlight, as cortinas se abrem para as garotas dos palcos, escolhidas pelas estrelas, em uma história que apresenta suas escolhas no caminho em direção à estrela que brilha no ponto mais alto.

mainvisual

Shoujo☆Kageki Revue Starlight ou simplesmente Revue Starlight foi possivelmente a maior surpresa para os poucos que aguardavam o seu lançamento. Originado a partir de um projeto multimídia da poderosa Bushiroad, responsável por franquias como Love Live e BanG Dream!, era esperado um enredo bem simples e despreocupado, no padrão dos animes dessas outras franquias, que mostram um slice-of-life sobre garotas no ensino médio. E é exatamente nesse modelo que a história começa.

De início, somos apresentados às garotas da 99º geração da Academia de Música Seisho, entre elas a protagonista, Aijo Karen. Nesse trecho, Revue Starlight já deixa uma boa primeira impressão, ao incorporar o tema e as personalidades das garotas em uma introdução que se destaca bastante entre os animes do gênero. Em apenas uma cena, é possível decifrar vários aspectos que persistem ao longo de todo o anime, mas sem perder tempo com longas exposições e apresentações.

karen-mahiru.gif

Na Academia Seisho, as estudantes aprendem tudo sobre o mundo teatral, desde dança à atuação e canto. Karen e suas colegas de classe seguem uma rotina comum, enquanto preparam-se para encenar Starlight – uma peça que elas devem produzir sozinhas durante os 3 anos em que estiverem na escola. Porém, uma mudança repentina acontece quando uma velha conhecida da garota é transferida para a escola: sua amiga de infância, Kagura Hikari. Karen então lembra da sua antiga promessa com Hikari, de juntas subirem no mesmo palco e encenar a peça favorita das duas, Starlight.

Mas as mudanças não se limitam somente à Hikari. Uma sequência de eventos bizarros conduz Karen a um ambiente peculiar, onde ela é voluntariamente selecionadas para as “audições”, a fim de escolher a top star, aquela que se tornará a maior artista de todas! Porém, tal título será presenteado somente à garota que conseguir apresentar o melhor revue.

Revue – música e dança entrelaçados em uma peça hipnotizante. Para a aquela que apresentar o revue mais brilhante, o caminho para se tornar a top star irá se abrir.

Esse é o conceito do revue e algo frequentemente enfatizado ao longo do anime todo. Sim, os revues são lutas entre as garotas para decidir quem é a melhor, aquela digna de se chamar a melhor “garota dos palcos”. Esse é o elemento básico do anime, no qual a história se foca: o confronto das garotas para subir as escadas e se tornar a melhor de todas.

junna-hikari

E é aqui que são adicionados elementos fantasiosos à trama. O organizador das audições é uma girafa falante, e os revues em si são uma batalha que combina luta, dança e canto, em uma espécie de encenação onde o objetivo é não apenas derrotar sua adversária, mas também brilhar mais que ela no palco.

karen

O anime se utiliza fortemente de metáforas e simbolismos ao desenvolver o enredo. É uma obra de arte que combina todos os seus elementos e uma superdramatização que dá gosto de ver. Ele é abençoado por uma produção técnica fantástica, desde animação à direção, cinematografia, roteiro e trilha sonora.

tendou.gif

O aspecto de Revue Starlight que mais deve incomodar ao público é o quão misterioso e até sem sentido seu enredo pode parecer. Esses elementos surrealistas não recebem uma explicação, mas não é como se eles precisassem ser explicados. Assim como no gênero da fantasia, onde não se questiona muito sobre certas coisas que não são realistas, o anime busca apresentar a história de uma forma que não seja necessário entender o por quê de tudo ali.

karen-2.gif

O anime é recomendado para quem gosta muito de música e de atuação teatral, ou até mesmo de idols. Contudo, o forte dele está na sua dramatização, que o distingue de outros animes do gênero. Para os que gostam de animes de ação, também é uma excelente pedida.


E acabou! Pra valer dessa vez!

Pois é gente, chegamos ao fim da semana especial “Final de Temporada” de Verão 2018, aqui no AnimeAnimura. Eu preciso dizer, que semana cansativa! Mas valeu muito a pena. Eu gostei bastante, espero que vocês também!

É provável que a série volte ao final da temporada de Outono 2018, então ficarei feliz de escrever para vocês de novo, no futuro.

Obrigado pelas leituras e comentários!
Não deixem de acompanhar o blog durante a temporada, ok?

KuuhakuDesu, peace out!

Anúncios