Esse texto CONTÉM SPOILERS!


One Outs é um anime que eu tive curiosidade pra assistir faz um certo tempo, porém não posso dizer que a minha experiência com ele foi exatamente boa. Por mais que eu tenha gostado dele como um todo, sinto que o anime foi uma jornada conturbada, por coisas que eu vou explicar mais neste review.

One Outs é um anime sobre baseball, porém o foco dele não é exatamente as partidas, mas sim as estratégias e truques sujos utilizados por ambos os times para vencer. Esse truques vão de coisas mais “simples”, como modificar a rotação de bolas ou utilizar tacos mais pesados para pegar bolas mais baixas; para coisas mais perigosas, como escutas no banco inimigo e um sistema para roubar os sinais do técnico. E isso é graças ao ponto mais alto desse anime: Tokuchi Toua.

Ele é o típico cara apático que nunca sorri ou reage a qualquer coisa, porém tem uma inteligência acima da média e é capaz de compreender o que os outros estão pensando em segundos, tornando One Outs muito mais uma batalha de mentes do que propriamente um jogo de baseball.

Resultado de imagem para one outs
Tokuchi Toua, o protagonista.

Porém, ao mesmo tempo que esses jogos mentais são muito bem feitos, ele não parecem muito coesos um com o outro. Por exemplo, cada partida tem pelo menos 3 ou 4 estratégias, mas nem todas têm relação com a estratégia anterior, e com isso fatos importantes em uma estratégia que seriam relevantes em outra acabam sendo descartados acidentalmente.

Por exemplo, nos últimos jogos, eles descobrem um sistema do time inimigo para roubar os sinais do técnico, e assim conseguem prever o que o time vai fazer. E, para isso, eles utilizam um homem que fica na platéia tocando um tambor, e o ritmo muda de acordo com o sinal, fazendo assim o time interceptar a estratégia. Isso é muito inteligente e criativo — se não fosse pelo fato de que, na partida seguinte, eles tivessem descoberto escutas escondidas no banco para identificar a mudança dos significado do sinais. E não explicam como eles passam o sinal para a equipe. Basicamente, o homem do tambor foi descartado na parte onde ele seria necessário.

Fora momentos onde as coisas não têm explicação, como na última entrada do último jogo, onde o Tokuchi rebate duas vezes, sem nenhum motivo. E logo depois, ele está defendendo a primeira base, também sem motivo.

Outro problema que eu tive foi com as explicações de certas estratégias, que eram confusas ao extremo, me fazendo voltar as cenas 2 ou 3 vezes, e às vezes eu ainda tinha dúvidas.

Acredito que o motivo disso seja o autor. Por mais que ele escreva bem, às vezes é meio confuso e falho na execução.

Resultado de imagem para one outs gif
BASTÃOZADA!!!!

Outro problema que tive com ele foi o final, que é uma coisa absolutamente do nada, justamente pelo fato de que o mangá continua. O anime não cobre nem metade do mangá. Por isso, acho que esse anime deveria ter uma segunda temporada, porém esse desejo provavelmente nunca será realizado.

Entretanto, One Outs também tem muitas coisas a seus favor. Como por exemplo, a produção. É da Madhouse e é muito consistente o anime todo. Fora que a trilha sonora aumenta a tensão em 200%. E, quando as estratégias não são confusas ou furadas, elas são muito boas e tensas. Os primeiros 9 episódios são praticamente perfeitos em questão de tensão e execução de estratégias. Você fica vidrado vendo o começo e não consegue mais parar. Por mais dos problemas, ele absolutamente vale a pena.

Em resumo, veja One Outs. Especialmente se você busca animes focados em estratégias e jogos mentais, ele é um dos melhores que você pode achar, apesar dos pequenos problemas que tive com ele.

Agora adeus!!!

Resultado de imagem para one outs gif
STRIKE ONE!!!
Anúncios