“O anime já acabou ou vai ter continuação?”

Quem assiste anime já deve ter feito essa pergunta ao menos algumas vezes – é muito provável que você já tenha se perguntado o mesmo. Essa dúvida sobre a continuação de um anime é bastante comum, uma vez que a grande maioria dos animes atuais que se baseiam em alguma obra de outro meio – mangá, novel, light novel, etc. – não a adaptam de uma vez só. Ao invés disso, as adaptações são divididas em temporadas, onde cada uma abrange uma parte da história e que juntas compõem uma adaptação completa.

Porém, não é sempre que os materiais de origem recebem adaptações completas – na verdade, hoje em dia elas são até raras de se ver. Por isso, não é incomum encontrar animes que adaptam até certo ponto da obra original e depois simplesmente não são mais continuados.

Há diversos motivos para tal, entre eles: a obra original ainda não foi concluída ou não há história o suficiente para adaptar (como o caso de Hiato x Hiato); o anime só foi feito pra promover o material de origem; decisões de negócio entre produtores, licenciantes e editores levaram o anime a ser deixado de lado; ou imprevistos levaram a impossibilidade de produzir continuações. O resultado disso: fãs famintos por continuações dos animes, que provavelmente nunca verão a luz do dia.

Por isso, nessa lista serão apresentados 10 animes que não foram adaptações completas e que dificilmente serão continuados.

6. Puella Magi Madoka Magica

Puella-Magi-Madoka-Magica-X-Chain-Chronicle-Collaboration-New-Trailer

“Espera aí, Madoka Magica não foi concluído?”

Sim e não.

Sim, porque o filme Puella Magi Madoka Magica: Rebellion, último da trilogia de filmes, serviu como uma continuação e conclusão da história – lembrando que o anime é completamente original e só depois foi adaptado para mangá.

E não, porque em 2015, durante o evento Madogatari, que comemorava o 40º aniversário do estúdio Shaft (produtor de Madoka Magica), foi revelado um filme conceitual de 4 minutos, que apresentava os personagens da série. Segundo o CEO do estúdio, esse curta serviria como núcleo para um novo projeto da série, embora não tenha sido esclarecido se ele seria uma continuação, uma história paralela ou um reboot.

O hype na época foi gigantesco, dado o sucesso mundial da franquia. Porém, 3 anos se passaram desde o anúncio e nunca mais se tocou no assunto. Depois de tanto tempo, poucos devem se lembrar desse filme conceitual. Não seria surpreendente se esse projeto ressurgisse das cinzas, mas por enquanto, isso é algo incerto.

Apesar disso, essa semana foi anunciado um novo anime da franquia, que será baseado no jogo pra celular Magia Record: Puella Magi Madoka Magica Gaiden e será lançado em 2019. Ainda não há detalhes sobre a história, mas espera-se que seja um spin-off – o “Gaiden” no título do jogo pode ser traduzido como “história paralela” – e não uma continuação.

5. Bleach

Bleach-Poster

Integrante do antigo Big 3 –  os 3 mangás mais populares da Shounen Jump – ao lado de Naruto e One Piece, Bleach sempre foi bastante criticado pelo público – quem conhece a série provavelmente sabe que ele é a ovelha negra do Big 3. Ainda assim, em 2004 o mangá de Tite Kubo recebeu sua adaptação para anime, que foi por anos um dos animes mais populares e alcançou sucesso no mundo todo. Contudo, mesmo com toda a popularidade, o anime foi encerrado em 2012, depois de adaptar todos os arcos do mangá até então – exceto o último, que ainda estava sendo publicado.

Anos se passaram e Kubo eventualmente concluiu o mangá, com um último arco bastante corrido e um final que desagradou bastante aos fãs da série. O fim amargo da obra original, somado ao fato de que o anime acabou há mais de 6 anos e desde então não se ouviu nada sobre, tornam as chances do anime retornar praticamente nulas – por mais que muita gente queira muito que ele volte.

4. Log Horizon

log-horizon

Adaptado da light novel homônima, a primeira temporada do anime de Log Horizon estreou em 2014 foi um sucesso, rivalizando com um dos maiores sucessos do gênero na época – o amado e odiado Sword Art Online.

Pouco após o fim da primeira temporada, a segunda já foi anunciada e foi ao ar alguns meses depois, só que com um pequeno grande detalhe: o estúdio e a equipe de produção mudaram completamente. Infelizmente, essas mudanças não foram pra melhor, pois a qualidade do anime caiu drasticamente e deixou muito a desejar em praticamente todos os aspectos. Com isso, o hype em torno da série caiu bastante.

Pra piorar a situação, em 2016 o autor da light novel, Mamare Touno, foi condenado à prisão por evasão fiscal — embora ele não tenha ido de fato pra cadeia. Mas, só essa polêmica já foi o suficiente pra manchar a reputação do escritor e da sua obra. Todos esses fatores juntos praticamente aniquilaram as chances de uma futura continuação.

3. Gangsta.

gangsta

O anime de Gangsta. (sim, com ponto no final) foi ao ar em 2015 e adapta o mangá de mesmo nome. Foi produzido pelo estúdio Manglobe, conhecido por animes como Ergo Proxy e Samurai Champloo.

“Certo, mas o estúdio aqui é importante por quê? ”

Por que ele faliu.

Sério, literalmente 5 dias após Gangsta. ser concluído, o estúdio declarou falência. Com o Manglobe fora da jogada, acabaram também as chances de uma continuação feita pelos mesmos produtores. Claro, é perfeitamente plausível que outro estúdio continue o anime de onde ele parou, afinal o mangá segue firme e forte até hoje. Mas, ainda assim, não há nenhum indício que algum outro estúdio esteja interessado em continuá-lo.

2. World Trigger

world-trigger.jpg

Publicado na Shounen Jump desde 2013, o mangá de World Trigger recebeu uma adaptação para anime, que foi ao ar entre 2014 e 2016, e só foi encerrada pois já estava muito próxima da história do mangá.

Desde 2014, o autor Ashihara Daisuke já anunciava sofrer com alguns problemas de saúde, inclusive fazendo várias pausas semanais para tratá-los. No final de 2016, alguns meses após o fim do anime, o mangá foi colocado em hiato por tempo indeterminado por que a saúde do autor ficou ainda pior.

Desde então, o mangá está no limbo e não há nenhuma previsão de quando poderá voltar. Até que ele seja retomado, é impossível que o anime continue.

1. Zero no Tsukaima

zero-no-tsukaima

Zero no Tsukaima foi uma light novel escrita por Noboru Yamaguchi e ilustrada por Usatsuka Eiji, que começou a ser publicada em 2004. A obra recebeu  uma adaptação para anime que rendeu 4 temporadas, que foram ao ar entre 2006 e 2012.

Em 2011, a light novel foi descontinuada, devido ao tratamento de Yamaguchi contra o câncer, que o impossibilitou de continuar escrevendo. Infelizmente, o escritor faleceu em 2013, deixando a obra incompleta com 20 volumes impressos, de um total de 22 planejados. Porém, em 2015 foi anunciado que ela seria concluída pelos editores de Yamaguchi, que foram instruídos por ele a como encerrar a série, caso ele próprio não pudesse concluí-la.

A obra foi encerrad em 2016, totalizando 22 volumes impressos. Mas ainda que ela tenha chegado à conclusão, é pouco provável que o anime retorne com uma última temporada que adapte o resto da história.


Aí estão, 6 animes improváveis – mas não impossíveis – que retornem. Há ainda vários outros que poderiam ser citados, por isso é certeza que faremos mais posts incrementando essa lista.

Ainda assim, sentiu falta de algum anime em particular? Queria que algum deles fosse continuado? Comenta aqui em baixo a sua opinião! Além de iniciar uma boa discussão sobre o tema, você pode ajudar na construção das listas futuras.

Peace out!

Anúncios