Olá Jovens, meu nome é Christian e eu provavelmente sou o novo redator deste blog.

Eu primeiramente gostaria de deixar claro que essa review é sobre a primeira parte do anime Fate/Extra Last Encore e eu sei que será lançada uma outra parte intitulada “Irusteria Tendouroun”. Agora deixa eu parar de enrolar e começar.

onoyu1o

Admito que quando vi o anuncio desse anime fiquei no hype já que no início desse ano eu havia acabado de zerar Fate/Extra (Jogo de PSP) e estava ansioso para a chegada do anime que pelos teasers já me parecia impressionante. Confesso que não critiquei a animação da Shaft, levando em conta que o design do próprio jogo já era diferente do original (Fate/Stay Night). Havia o fator de Kinoko Nasu (criador de FATE) estar participando dessa obra em específico e foi o suficiente para eu ficar hypado o suficiente para eu contar os dias até a chegada desse anime.HVnG52W.png

Bom… não foi o que aconteceu, no início do anime já são pipocados muitos personagens na tela e sem muita explicação o que é até compreensível, se você levar em conta que sempre é recomendado ver algum Fate do universo principal (Stay Night) para ver os spin-offs. Só que Extra apresenta um mundo virtual que reutiliza em partes o universos de Fate/Stay Night, assim acaba ficando raso de explicação do que está acontecendo ali. Logo de início percebemos a filosofia do anime que é “ser movido pelo ódio”, só que isso depois acaba mudando e o protagonista larga isso e a filosofia passa a ser “superar o ódio”. Só que com a confusão que o anime acaba causando a filosofia do anime acaba passando despercebido pelo telespectador.

O fator principal do anime se chama “NERO”, essa serva em especifico acaba carregando o anime nas costas já que no fim é uma das únicas personagens que é bem desenvolvida no anime juntos de Rin e Hakuno, tendo ainda sim a personagem Rani que é toda mal desenvolvida e parece estar ali mesmo só por estar, ela ajuda o protagonista em alguns momentos, mas é só isso mesmo. A Rin de inicio é mais prestativa e mais próxima do protagonista (talvez o que cause o melhor desenvolvimento dela).

maxresdefault

Agora vamos falar do que eles conseguiram deixar pior e que é um fator principal de Fate… AS LUTAS, SIM… nenhuma luta nesse Fate te empolga já que muitas duram no máximo uns 5 minutos e cara, sinceramente o que foi aquele fantasma nobre da Nero? Geralmente, cada servo tem seu tema quando seu fantasma nobre está sendo invocado,  mas pra Nero simplesmente sumiram com o tema e colocaram uma musica totalmente sem graça e sem sal. Tirando que todos os servos usam seus fantasma nobres. Inclusive, algo muito estranho é que Hakuno mesmo esquecendo de muitas coisas ainda sim é um bom mago e sabe de muita coisa sobre o mundo, mas não lembra nada além disso.

Outro fator que agrega para Fate/Extra Last Encore ser esquecido é que ninguém ali além dos personagens principais é memorável, não por serem personagens ruins e sim porque eles tem no máximo dois episódios para lutar e suas lutas duram 5 minutos, então acaba que você não se apega aos personagens e não lembra deles.

Essa foi minha review sobre Fate/Extra Last Encore. Espero que tenha ficado boa de certa forma. Obrigado!

Piscadinha

 

Anúncios