Imouto Sae Ireba Ii é uma obra que tem um inicio bem bizarro para dizer o mínimo, o que acabou afastando muita gente (enquanto isso eu só tive um ataque de risos), mas depois ela melhora e mostra ter uma boa estória.

ImoutoSaeIrebaIi-Episode1-5-468x263

Esse é o inicio do primeiro episódio (adivinhem o que ela esta segurando)

Eu esperava que ele fosse algo parecido com a outra obra dessa autora (Boku wa Tomodachi) que era mais focada em comédia romântica, esse também tem comédia romântica, mas o que mais se destaca na obra é o drama e como mostre a vida dos autores de light novel, porque em comédia Boku wa Tomodachi ganha.

O episódio do anime que mais me marcou foi o 6, mas especificamente a segunda metade dele, onde o Haruto tem a light novel dele adaptada para anime e acaba que a adaptação fica um lixo (tipo Pandora Hearts, só que nesse caso é um manga), ele acaba ficando deprimido com isso, mas ainda assim escreve no Twitter para as pessoas verem o próximo episódio. A autora da obra foi surpreendentemente sincera com isso, que quando os autores tem a obra mal adaptada, eles acabam falando que foi bom ou se não acabaria dando problema (como a obra nunca mais se adaptada para outra mídia e etc).

A obra também tem outras cenas bem marcantes tipo a do episódio 5 em que o protagonista esta escrevendo a light novel dele e vai trocando entre ele e a personagem da light novel dele e depois encaixa a abertura do anime nisso (a explicação ficou um pouco confusa mais da para entender, eu acho).E a do episódio 12 onde ele começa a escrever a novel dele, até que começa a abertura e ele fala “eu sou o protagonista”, querendo dizer ser o protagonista da própria vida.

Captura de Tela (894).png

Esse anime também tem varias coisas bizarras como, a tara do protagonista por irmãzinhas, 90% do que a Nayuta fala, a mangaká que usa uma calcinha como laço e etc.

Uma personagem que eu achei o bem drama interessante foi a Miyako. Basicamente ela não faz ideia do que quer fazer da vida (estou falando de trabalho), e ela acaba tendo inveja de varias personagens que sabem no que querem trabalhar e amam isso por mais difícil e estressante que seja, enquanto ela só esta seguindo um caminho básico e acabara trabalhando em algo que ela não tenha nenhum amor mas que parece ser o melhor entre as opções que ela tem. Apesar que no ultimo episodio ela consegue encontrar algo que ela realmente goste

Eu gostei muito do anime mesmo ele tendo muitas bizarrices (que na verdade eu acho até engraçado) e não sendo tão engraçado quanto a obra anterior dessa autora, eu gostei muito do anime e recomendo.

Anúncios